O Que É Icterícia? Veja Mais Acerca Dessa Doença, Sintomas E Causas

A icterícia surge quando acontece uma alteração dos níveis de bilirrubina no sangue, a bilirrubina é resultado de um processo natural do organismo, é de cor amarela, que se forma com a falta da hemoglobina.

Quando está tudo em ordem com o organismo, o normal é que após a liberação, a bilirrubina seja metabolizada pelo fígado e expelida na urina. Se o tal não acontecer, ela passa a propagar-se pela corrente sanguínea, alterando a cor da pele.

Quais São Os Tipos De Icterícia?

Existem quatro tipos de icterícia:

1 –  Icterícia obstrutiva: origina-se quando há uma inflamação entre fígado e o intestino, impedindo que ele trabalhe corretamente na absorção e metabolismo.

2 – Hepatocelular: é proveniente da hepatite.

3 – Hemolítica: acontece por problemas com transfusão de sangue.

4 – Hiperbilirrubinemia –  é comum nos primeiros dias de vida, geralmente porque o fígado e os órgãos que processam a bilirrubina ainda não estão totalmente funcionais.

Quais São Os Sintomas Da Icterícia?

O sintoma mais visível é a pele amarelada, mas também podem aparecer:

  • Olhos amarelados – o branco do olho fica com tom amarelo
  • Abdominal inchado.
  • Cor amarela na parte de dentro da boca
  • Escurecimento da urina
  • Coceira

Quais São As Causas Da Icterícia?

Quando no organismo, qualquer coisa que prejudique o bom funcionamento dos rins, do  fígado e do baço, pode levar a icterícia. Como o caso das seguintes doenças:

  • Cirrose biliar
  • Talassemia
  • Cirrose hepática
  • Anemia falciforme
  • Hepatite tóxico-medicamentosa
  • Hemoglobinúria paroxística noturna
  • Esteatose hepática aguda da gravidez
  • Esferocitose hereditária
  • Hepatite alcoólica
  • Síndrome de Gilbert
  • Hepatites virais

O Que Devo Fazer Se Suspeitar De Icterícia?

Dirija-se ao seu medico, porque este problema pode indicar para outro problema mais grave, normalmente a cura é feita e alguns dias. Em casos mais graves, pode chegar a ser internado.

Esta doença não é contagiosa.

A Que Tratamento Recorrer?

Os tratamentos são todos diferentes, cada um depende do seu estado de gravidade, em casos leves não há a necessidade de tratamento ou medicação. Em casos moderados, pode ser preciso fototerapia, que trata o paciente com ondas de luz. Já os casos mais graves são tratados com internação e hemodiálise, onde por meio da filtragem do sangue a bilirrubina é removida do corpo do paciente.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *