Cloridrato De Amitriptilina Para Que Serve?

Afinal, cloridrato de amitriptilina para que serve? Não é segredo que o nosso corpo funciona à base de uma biologia complexa e que cada elemento, cada propriedade deve estar regulada para que nos sintamos bem, em todos os sentidos. É justamente aí que entra o cloridrato de amitriptilina, usado para regular e fazer surtir o efeito que esclareceremos agora mesmo.

Substância Ativa

É assim que o cloridrato de amitriptilina é conhecido no meio. De forma sucinta, podemos dizer que suas características calmantes e ansiolíticas são utilizadas por médicos no tratamento de quadros de depressão. Assim como para controlar a incontinência urinária de crianças durante as noites. Sensações de felicidade e tranquilidade passam a ser mais naturais no uso dela.

Cloridrato de amitriptilina para que serve – Orientação Profissional

Para Que Serve Cloridrato De Amitriptilina

Assim como no uso de qualquer outro medicamente, o acompanhamento profissional não se trata de uma escolha, uma opção. Não se automedique de forma nenhuma. Visitar um médico especialista na saúde mental é o passo que você deve dar para começar a curar uma doença como a depressão, mais nenhum outro.

De qualquer forma, a substância ativa pode ser encontrada em farmácias normais (sempre é exigida a apresentação da receita médica), geralmente em rótulos como Neo Amitriplin, NeuroTryp ou Tryptano, para tomarmos como exemplo.

Reforçaremos a mensagem, apenas àqueles que ainda estão meio “avoados”: Doenças como a depressão não são brincadeira, muito menos podem ser tratadas com desprezo, por isso, visite um médico de confiança antes de decidir tomar qualquer tipo de medicamente. Por interesse clínico, passaremos os métodos de uso, mas eles são direcionados àqueles que têm autorização para indicá-los aos pacientes, lembre-se.

Tratamentos

A forma de tratamento deve ser dosada de forma gradual, aumentando de acordo com as respostas e resultados que forem sendo obtidos durante o uso da substância. Aos adultos que estão no ambulatório, as doses iniciais recomendadas são de 75 mg/dia, podendo chegar a 150 mg/dia, principalmente se aplicadas antes de anoitecer de vez, ou mesmo na hora de dormir.

Nesse modelo convencional de tratamento, é possível ver os primeiros sinais de melhoria após quatro ou cinco dias, podendo fechar o ciclo em mais ou menos um mês. Caso seja necessário manter a medicação para o paciente, podemos ir diminuindo a dosagem aos poucos, entrando em um momento de manutenção até que os sinais de melhora sejam visíveis.

Entre 50 – 100/mg dia são o suficiente, em apenas uma dose, já durante a noite. Mesmo que o paciente apresente estar melhor, devemos manter essa dosagem por ao menos três meses, garantindo a estabilização do cliente e o sucesso do tratamento.

Para os pacientes que estão hospitalizados, a dose de 100 mg/dia é inicial, mas pode ser aumentada em 200-300 mg, de acordo com a necessidade de cada um deles. Para adolescentes e idosos, devemos manter os níveis mais baixos, não passando dos 50mg por dia. No caso de crianças, só depois que completarem 12 anos, dividindo os 50mg durante o dia.

Enurese Noturna

Durante a infância, pode ser considerado natural que algumas crianças já mais crescidas continuem urinando na cama. Que é o que chamamos de enurese noturna. E o cloridrato de amitriptilina para que serve? Neste caso, o cloridrato auxilia positivamente os pequenos, para isso, basta dosagens que fiquem entre 10 – 20mg para crianças de 6 a 10 anos, aumentando para 25 – 50mg a partir dos onze anos de idade.

Assim como no tratamento contra a depressão, os resultados podem começar a aparecer já na primeira semana, mas é necessário mantê-lo por mais tempo, até que a criança esteja completamente curada da enurese noturna.

Contraindicação

É totalmente contraindicado qualquer paciente que já esteja tomando antidepressivos, já que a potencialização dos efeitos não costuma ser benéfica e indicada para nenhum tipo de tratamento, além disso, também não deve ser ingerido por ninguém que tenha tido qualquer tipo de complicação cardíaca recentemente, muito menos por gestantes e mulheres em fase de amamentação.

A medicação deixa o paciente levemente desatento, o que significa que nenhum tipo de atividade que possa colocar em risco a sua saúde e a dos outros deve ser realizada, como a direção de automóveis ou a utilização de qualquer tipo de ferramenta. Alguma mudança no paladar, dor de cabeça e prisão de ventre pode vir a acontecer também, mas nada que deva assustar o paciente.

Independentemente do Cloridrato de Amitriptilina

Nunca recomende ou incentive alguém a cuidar de sintomas de depressão por conta própria e, obviamente, não faça isso consigo mesmo, em hipótese alguma. Se você anda antenado com o que acontece ao seu redor, deve ter percebido que o estilo de vida que levamos tem levado muito gente ao limite, influenciado no desencadeamento de doenças e de quadros graves de ansiedade.

O tratamento e a saúde psicológico vem evoluindo como ciência e é fundamental entender que devemos tratá-lo com a seriedade que merecem, por isso, vale repetir, deixe a indicação do cloridrato de amitriptilina para aqueles que passam anos de suas vidas estudando a respeito do assunto.

Veja o vídeo acerca dos remédios psiquiátricos:

Cloridrato de amitriptilina para que serve? Agora que já sabe tudo acerca deste produto, não se esqueça que não se recomenda a realização da auto-medicação antes de consultar o médico.

Veja também:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.